Nissan X Renault – Parceria Global

A melhor concessionaria nissan de florianopolis
De fato, a Renault adquiriu uma participação acionária de 36,8% na Nisan Motor
Co. A aliança estratégica entre as corporações francesas e japonesas atua no
desenvolvimento conjunto de produtos, compras, qualidade e fabricação e

combina empresas complementares para criar uma outra empresa. Ghosn, ex-
vice-presidente da Renault, foi nomeado diretor de operações da Nissan. Sob

sua liderança, a aliança Renault-Nissan obteve excelente desempenho. Com
base em um corte de custos severo, uma maior economia de escala e um
programa de reestruturação, o Nissan Revival Plan levou a um sucesso
corporativo impressionante. A Nissan passou de uma empresa multirregional
para uma corporação global competitiva e processos multifuncionais foram
considerados pela Nissan como suas principais áreas de negócios.
No Japão, a aliança vendeu os automóveis por meio de duas redes de
distribuição não exclusivas: a rede Yanase/France Motors e uma parte da rede
Nissan. Na Europa, a aliança reorganizou as operações de vendas e marketing
e criou uma organização conjunta de mercado. Nas empresas independentes da
Ásia. Na América do Sul, a aliança desenhou um grande projeto na área de
vendas, compras e fabricação. No ano fiscal de 2011, C. Ghosn lançou um
roteiro de negócios de médio prazo, Nissan Power 88, um programa de
crescimento de seis anos. Ele afirmou maior foco na experiência geral do cliente.
Os números 88 representam nossas metas de 8% de participação no mercado
global e uma margem de lucro operacional sustentável de 8%.